Livros Organizados 

Instituto Giográfico  e Histórico da Bahia - 120 anos

Autores/ Organizadores:Sérgio Mattos e Consuelo Pondé de Sena

Ano 2014

Páginas 160

ISBN 978-85-7196-218-7

 
"Neste ano de 2014, o Instituto Geográfico e Histórico da Bahia está comemorando 120 anos de atividades ininterruptas em beneficio da preservação da história, do patrimônio e dos valores culturais da Bahia. Para marcar a data festiva, estamos publicando este livro que reúne artigos escritos por baianos que, ao longo dos últimos 120 anos, escreveram sobre a importância e o papel do IGHB.
Tendo em vista as dificuldades para selecionar apenas alguns entre tantos artigos de autores importantes na gloriosa trajetória do IGHB, dignos de constar desta obra, ficaram definidos três critérios básicos: 1) – Artigos publicados em edições da Revista do IGHB em datas cheias, por décadas, a partir  das comemorações dos primeiros dez anos e assim por diante, até as comemorações dos 110 anos. 2) – A importância e projeção do autor e do tema escolhido. 3) – Valorizar  também as contribuições que registraram  grandes eventos promovidos pela Casa da Bahia, a exemplo dos Congressos de História da Bahia (1949,1952,1999 e 2001), que foram direcionados a temas específicos. O primeiro reuniu estudiosos para debater a história da pátria; o segundo, voltado às comemorações dos 400 anos  da criação do primeiro Bispado do Brasil; o terceiro, comemorativo do Sesquicentenário do Dois de Julho de 1823; o quarto,  comemorativo dos 450 anos da cidade do Salvador; o quinto, destinado a festejar os 500 anos da descoberta da Baía de Todos os Santos e os 450 anos de criação do primeiro Bispado do país. Infelizmente, por questões de espaço nem todos constam aqui.
Definidos os critérios, a comissão nomeada pela presidência da Casa da Bahia, partiu para examinar a valiosa coleção da Revista do IGHB para selecionar os artigos ao longo desses 120 anos. O resultado desse trabalho é o conteúdo deste livro comemorativo, que reúne contribuições de autores notáveis, não necessariamente nesta ordem, como: Afrânio Peixoto, Theodoro Sampaio, Antonio Carneiro da Rocha, Braz do Amaral, Pinto de Carvalho, Wanderley Pinho, Jorge Calmon e Edivaldo Boaventura. Na apresentação, a presidente da Casa da Bahia, professora Consuelo Pondé de Sena, descreve com a clareza, síntese e precisão, que lhes são peculiar, a trajetória gloriosa do IGHB na luta pela preservação dos valores da Bahia".
Sérgio Mattos - Diretor de Publicações do IGHB
(Texto da orelha do livro  120 anos do IGHB)

Autor/Organizador: Sérgio Mattos

Editora: Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB)
Ano: 2008

Páginas: 262   

ISBN- 978-85-87780-07-2


 

“[...] Sabemos ser quase impossível, devido à fragmentação, reconstruir plenamente um período, mas estas entrevistas, quando lidas em conjunto, se completam e aos poucos damos início ao trabalho de reconstrução de parte de nossa história. Trata-se de uma iniciativa inédita entre as escolas de Comunicação buscando contar a história contemporânea da imprensa na Bahia a partir do depoimento e da ótica individual de cada um dos participantes. O que se pretende, portanto, é começar a construção de um inventário, o mais vasto possível, da história contemporânea da imprensa da Bahia, contada a partir do depoimento de cada jornalista. Este trabalho é uma contribuição singular de resgate da memória da imprensa da Bahia que, no ano de 2011, estará completando 200 anos de história contados a partir da fundação do jornal Idade d’Ouro do Brazil por Manoel Antonio da Silva Serva, em Salvador, no dia 14 de maio de 1811, quando circulou o seu primeiro número”.

                Sérgio Mattos

(trecho da apresentação do livro)

Memória da imprensa contemporânea da Bahia

Autor/Organizador: Sérgio Mattos

Editora: EDUFBA

Ano 2007

Paginas: 170 
ISBN 978-85-232-0442-6

Comunicação plural

O livro “Comunicação Plural” atinge plenamente a pluralidade buscada e demonstra que apesar da diversidade temática existe uma interatividade entre os mesmos, constituindo-se como um volume de suma importância para o enriquecimento de conteúdo no processo ensino-aprendizagem da comunicação nas salas de aula das faculdades. Espera-se que os temas abordados contribuam para estimular o debate crítico necessário no campo das comunicações e que sejam instigantes a ponto de gerar novas reflexões.
 
                                                          Sérgio Mattos
Conteúdo do livro também está disponível no seguinte link do Scielo:

 

https://static.scielo.org/scielobooks/387/pdf/mattos-9788523208943.pdf

Este livro, que integra a Coleção GTs da INTERCOM, reúne os textos dos oito trabalhos apresentados no GT de Televisão, durante o XX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação realizado em Santos-SP, em 1997, sob a coordenação de Sérgio Mattos. Os trabalhos aqui reunidos são independentes, mas estão interligados ente si pela legislação, regionalização e produção, dentro do que estamos identificando como sendo a era da globalização.

A Televisão na era da Globalização

Autor : Sérgio Mattos (Organizador)
Editora: Edições IANAMÁ (Salvador) e INTERCOM (São Paulo)
Ano: 1999
Páginas: 176

Autor/Organizador: Sérgio Mattos

Editora : GRD

Ano 1997   

Televisão e cultura no Brasil e na Alemanha

“Embora seja uma obra produzida no âmbito acadêmico, caracteriza-se pela leveza e objetividade do texto, desobrigado o leitor de recorrer às dezenas de notas de  rodapé e referências bibliográficas, geralmente incluídas em ensaios e artigos originários de instituições acadêmicas. As concepções teórica sobre a comunicação de massa e a contextualização histórica estão presentes em várias passagens do livro, mas de forma subsidiária. O que sobressai mesmo nesse trabalho é a  experiência vivenciada pelos autores, seja na atividade de pesquisa ou na labuta do jornalismo. O texto é enriquecido com os questionamento feitos pelos debatedores e pela platéia. É um livro que chega na hora certa, pois discute as formas de atuação da mídia, principalmente da televisai, neste final de milênio, em que a sociedade industrial vai cedendo espaço à nova sociedade da informação, baseada na informação e, sobretudo, no conhecimento.”

José Moura Pinheiro. ( A Tarde, 27 de novembro de 1997).

Autor/Organizador: Sérgio Mattos

Editora : GRD

Ano 1997   

Televisão e cultura no Brasil e na Alemanha

“Embora seja uma obra produzida no âmbito acadêmico, caracteriza-se pela leveza e objetividade do texto, desobrigado o leitor de recorrer às dezenas de notas de  rodapé e referências bibliográficas, geralmente incluídas em ensaios e artigos originários de instituições acadêmicas. As concepções teórica sobre a comunicação de massa e a contextualização histórica estão presentes em várias passagens do livro, mas de forma subsidiária. O que sobressai mesmo nesse trabalho é a  experiência vivenciada pelos autores, seja na atividade de pesquisa ou na labuta do jornalismo. O texto é enriquecido com os questionamento feitos pelos debatedores e pela platéia. É um livro que chega na hora certa, pois discute as formas de atuação da mídia, principalmente da televisai, neste final de milênio, em que a sociedade industrial vai cedendo espaço à nova sociedade da informação, baseada na informação e, sobretudo, no conhecimento.”

José Moura Pinheiro. ( A Tarde, 27 de novembro de 1997).

A Televisão e as políticas regionais de comunicação

Autor/Organizador: Sérgio Mattos

Editora: INTERCOM

Ano 1997   

“Organizado pelo professor Sérgio Mattos, o livro “A Televisão e as Políticas regionais de Comunicação” reúne sete ensaios apresentados durante o XIX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – INTERCOM, em Londrina. A coletânea oferece um diagnóstico da televisão brasileira,interligando legislação, regionalização, produção e, principalmente, sua imagem e influência. São também apresentadas as diferenças entre a regulamentação da TV no Brasil e no Uruguai.”

Elieser César.

(Tribuna da Bahia, 6 de maio de 1997).